PNL - A ciência que explica o que parece inexplicável

Atualizado: Set 12

Você já parou pra pensar quantas vezes você estava lá assistindo TV e “criou” a vontade de consumir algo ou mesmo alguém te convenceu a adotar uma ideia que nem era tão boa assim pra você. Tem também aquela hora em que você se encanta com algum palestrante por ele parece falar diretamente com a sua essência.

Ah, não podemos esquecer da religião... Sabe aquele condutor do ambiente religioso que você frequenta o qual tu alimentas a maior afeição, a ponto até mesmo de deixar tudo que você tem na carteira pra ele?

Pois é... pode apostar que a PNL está presente em todas essas ocasiões e até em milhares de outras do seu dia a dia.

Apesar dessa ciência ser nova (década 1970), ela comanda estuda e explica que todos os nossos sistemas sensoriais e a maneira como digerimos o mundo são os governantes das nossas decisões e comportamentos.

Você vive com senso crítico e avalia todas as suas acoes e decisões ou vive no automático? Eu sinto em dizer, você automatiza muita coisa. A nossa constituição cerebral favorece a preguiça ao invés da vigilância e criticidade a todo momento, por isso toda atividade, comportamento e decisão que pode ser automatizada, o cérebro vai lá e... Puf; automatiza.

E onde eu quero chegar com tudo isso? E a resposta é: uma pergunta pra você avaliar a si mesmo.

”Nas últimas horas quantas atividades e comportamentos seus foram pensados antes de serem executados?”

Ter senso crítico e permanecer no presente nos poupa comprar ideias que não nos favorecem e evita que outras pessoas nos dê comandos imperceptíveis a olhos menos atentos.

Pratique presença e senso crítico; comece experienciando no seu próximo pensamento ou comportamento.


4 visualizações

© COPYRIGHT 2020 KaCarvalho. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.